Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



WBD 2010 - Dia Mundial do Pão

por Moira, em 16.10.10

Antes de mais uma pequena reflexão.

Hoje comemora-se o Dia Mundial da Alimentação e o também o Dia Mundial do Pão, para aqueles que vivem numa sociedade moderna o meu pedido é que pensem duas vezes nos desperdícios alimentares que se produzem em cada uma das nossas casas e aproveitem-nos, com umas sobras de carne, façam umas empadas ou um empadão, com os restos de pão façam umas migas ou um pudim de pão, mas por favor não estraguem comida, pensem que por esse mundo fora ainda há gente que morre de fome. E com a crise que se faz sentir, nomeadamente em Portugal, há cada vez mais gente que vive no limiar da pobreza e que faria um banquete com muitas das coisas que não são aproveitadas em muitas casas portuguesas.

 

Agora sim, vamos ao que me trouxe aqui hoje, o pão.

Esta não foi a minha primeira escolha, queria trazer-vos mais uma vez um pão tradicional da minha região, mas infelizmente a experiência não correu bem. Por isso hoje acordei cedo e procurei uma alternativa, foi assim que ao folhear um dos melhores livros que tenho sobre Pão Português, encontrei um pão que curiosamente se chama Pão Espanhol, há anos que não o comia e há muito que não o vejo à venda, é um pão de miolo denso e muito branco, uma massa que leva uma percentagem pequena de água que faz com que seja boa para moldar, é por isso uma massa muito versátil e que puxando pela nossa imaginação dá para moldar pães com as mais diversas formas.

Optei pelas pinhas e pelos passarinhos.

As pinhas que em França também eram conhecidas por alcachofras, estiveram na moda nos séculos XVII e XVIII, tendo inclusive sido citadas por Diderot ou Malouin nas enciclopédias francesas da época. São feitas a partir de uma tira de massa que leva cortes de um dos lados e que depois é enrolada deixando os recortes para cima.

Os passarinhos, até há alguns anos atrás, podiam encontrar-se em quase todas as padarias de Lisboa, hoje creio que já não existem, são feitos a partir de uma tira de massa a que se dá um nó, sendo que uma ponta é a cabeça e a outra ponta é a cauda.

 

Pão Espanhol

(Adaptado do Livro "O Pão em Portugal" segundo a receita de Paulo Chagas)

Ingredientes:

  • 1 kg de farinha de trigo
  • 15 g de sal
  • 15 g de fermento seco
  • 550 ml de água tépida para a versão tradicional (se for para a bimby é à temperatura ambiente)
  • 15 g de açúcar
  • 25 g de manteiga à temperatura ambiente

Preparação:

Tradicional

Colocar a farinha e o sal num alguidar, fazer uma cova no meio colocar os restantes ingredientes e amassar até obter uma bola de massa elástica e moldável. Deixar descansar em local ameno e fora de correntes de ar até dobrar o volume. Pegar em pequenas quantidades de massa, cerca de 100 g, e moldar com a forma ou formas que quiser.

Levar ao forno quente a 180º até estar cozido. O tempo de cozedura varia consoante o tamanho dos pães, se fizer pães pequeninos cerca de 15 minutos são suficientes, se for um pão grande talvez uma meia hora.

 

Bimby / Thermomix

Colocar no copo a água o açúcar e a manteiga e programar 1 min., 37º, vel. 2.

Adicionar o fermento, 10 segundos, vel. 2.

Juntar metade da farinha e programar 4 minutos, vel. espiga, adicionando a restante farinha pelo bocal aos poucos.

Retirar a massa da máquina, colocar numa taça e deixar descansar 

em local ameno e fora de correntes de ar até dobrar o volume. Pegar em pequenas quantidades de massa, cerca de 100 g, e moldar com a forma ou formas que quiser.

Levar ao forno quente a 180º até estar cozido. O tempo de cozedura varia consoante o tamanho dos pães, se fizer pães pequeninos cerca de 15 minutos são suficientes, se for um pão grande talvez uma meia hora.

 

Com esta receita participo no World Bread Day 2010, mais uma vez promovido pela Zorra, espero ter contribuido mais uma vez para divulgar mais um pão tradicional português.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:46


WOOK - www.wook.pt Velocidade Colher - Entre Tachos e Bimby de Susana Gomes	Da Horta para a Mesa de Cláudia S. Villax - www.wook.pt


61 comentários

De moranguita a 27.10.2010 às 11:50

mais um passatempo que deixo passar por dias:-(
mas paciencia
ja vi muito pao bom por a e aqui esta um. nao me lmebro de ver este pao a venda mas se e tipico de ca terei de experimentar
beijinhos

De zorra a 23.10.2010 às 09:04

I like the shapes. It's a pity bakeries don't sell it anymore. At least we can still do they at home. Thank you for participating in World Bread Day (http://kochtopf.twoday.net/stories/announcing-5th-world-bread-day-2010).

De Moira a 24.10.2010 às 20:35

Thank you Zorra!

De Catarina a 20.10.2010 às 17:07

Gosto muito de vir ao teu blogue, aprendo sempre qualquer coisa!
Continua a partilhar!

De Moira a 22.10.2010 às 22:41

Obrigada Catarina!

De suzi a 20.10.2010 às 15:12

Adorei as tuas pinhas e os passarinhos. É verdade que há uns anos atrás a minha avó comprava-me desse pão, os passarinhos, mas realmente nunca mais os vi... voaram... Beijinhos

De Moira a 22.10.2010 às 22:41

Sempre que faço os passarinhos, os miúdos adoram :) mas à venda nunca os vi.
Beijinhos

De Cacahuete a 19.10.2010 às 23:25

Por incrivel que pareca nunca vi as formas da pinha em lado nenhum. Como sempre tens sempre sugestoes para este dia diferentes e fantasticas. Adorei ficar a conhecer a receita e o modo de moldar o pao.

Beijinhos

De Moira a 20.10.2010 às 09:14

Cacahuete,
Eu também nunca vi à venda :) mas parece que era coisa muito antiga, provavelmente coisas da aristocracia portuguesa de 1900 que copiava tudo o que vinha de França.
Seja como for as pinhas ficam fantásticas e cheias de maminhas estaladiças ;)
A massa revelou-se muito boa para moldar, dá por isso para fazer as mais diversas formas, é só dar asas à imaginação e puxar pela criatividade.
Beijocas

De Miss Pepper a 19.10.2010 às 21:27

Ai que saudades destes passarinhos! Há vinte e tal anos atrás, havia uma pastelaria aqui que fazia destes passarinhos. E a minha mãe comprava para mim e para o meu irmão, era ele ainda pequenino. Lembro-me que eram muito fofinhos. Que saudades. Vou experimentar fazer também. Só tu para trazeres estas coisas boas à nossa lembrança de novo! :)))

Beijokas

De Moira a 20.10.2010 às 09:06

Miss Pepper,
Sabes que eu apesar de mais velha nunca os vi à venda, mas quer as minhas colegas de trabalho quer a minha sogra e o meu pai lembram-se deste pão.
Eu sempre gostei de experimentar fazer coisas antigas, é importante porque fazem parte de memórias comuns e muita coisa está a desaparecer. Eu por exemplo adorei fazer as pinhas, e acho que vão ficar lindas na mesa do dia de Natal, vou fazê-las uns dias antes, congelo e no próprio dia descongelo e aqueço no forno, aproveitando o calor dos assados ;)
Beijocas

De Miss Pepper a 20.10.2010 às 12:06

Apesar de não poder não parecer, eu também gosto muito de ir buscar as coisas boas que fazem parte das nossas memórias, que fazem parte de nós, que são tradições.
E a "culpa" disto (lol) é da minha tia de Santarém que´sempre foi uma cozinheira afamada e que fazia os casamentos todos da terreola e arredores. Desde o pão que ela faz à doçaria e cozinhados, é tudo uma delícia de chorar por mais. Quando lá vou ando sempre a cravar as receitas dela. E ela anda sempre a pedir para eu lá ir mas o tempo e os afazeres acabam por não deixar. A ver se consigo ir lá no dia 1 de Novembro para ir pedir o pão por Deus como fazia em miúda e visitar a família :)

Beijinhos amiga

De Margarida a 19.10.2010 às 12:15

Moira, não sei qual das versões gostei mais mas tenho a certeza que a Mathilde vai adorar fazer tanto um como outro.. Ela adora pôr as mãos na massa!
beijocas grandes

De Moira a 20.10.2010 às 09:00

Margarida,
Imagino! A Mathilde deve ser uma óptima ajudante principalmente para bolinhos ;) Eu pessoalmente adoro vê-los na cozinha, independentemente da sujeira que fazem ;)
Beijocas

De Claudia a 18.10.2010 às 21:46

Moira,

Os pãezinhos ficaram lindos. Você não poderia ter escolhido melhor para a ocasião. Eu tenho feito muitos pães, já não compro mais, faço todos os pães em casa e pensei em participar do WBD mas sabe que não deu tempo para pensar nada, ando tão ocupada e estou publicando umas postagens de gaveta, sabe como? Coisas que já estavam prontas mas não tinham sido publicadas.

Eu vou te mandar uma coisa por correio e estou usando o mesmo endereço do teu trabalho que usei antes, você não mudou de trabalho não, mudou?

Bj,

C.

De Moira a 18.10.2010 às 21:56

Cláudia,
Eu sei como é andar em correria :)
O meu endereço continua o mesmo por enquanto, agora vou ficar "em pulgas" pois eu adoro surpresas.
Beijo Grande

De Tina a 18.10.2010 às 17:11

Olá, Moira!
Gosto muito de pão... de todo o pão! Gosto dele com recheio, sem recheio, simples, com sementes, enfim, de qualquer maneira!
Lembro meus tempos de infância, quando corria pelo quintal de casa de minha mãe, atrás das galinhas, à procura do poiso delas onde escondiam os ovos.
Ás escondidas, fazia um batido de ovo com açúcar e barrava o pão....e... deliciava-me!HUMMMMMMM! Que delícia!
Gostei do que li e vi...Parabéns!
Obrigada pela partilha!
Acho que devemos partilhar com todos nossos segredos culinários, nossas receitas e não as deixar cair em esquecimento ou simplesmente deixá-las ao abandono!
Eu nunca escondi minhas receitas! Aliás essa teoria de "O segredo é alma do negócio" está em desuso!
Beijinho grande!

De Moira a 18.10.2010 às 19:29

Tina,
O segredo só é a alma do negócio, se realmente houver um negócio ;)
Eu adoro pão de todas as maneiras, até sem nada(principalmente).
Mas com essa tua lembrança da gemada eu lembrei-me de um vicio de infância que a minha avó frequentemente nos satisfazia: pão com manteiga e açúcar ;) Hoje não consigo comê-lo mas na altura era um manjar dos Deuses hehehe
Beijinho

De Tina a 18.10.2010 às 20:05

Pois, Eu confesso-te que também costumava comer pão com açúcar e manteiga...agora me recordaste! São essas reminiscências de nosso passado que ficam gravadas no baú de nossas memórias e que fazem parte de cada um de nós. Com todas essas passagens crescemos e formamos nossa personalidade... e não só!
Agradeço, Moira, tua resposta e virei visitar-te de quando em quando.
Tenho vindo menos vezes à net, em virtude de andar com problemas com uma hérnia na cervical que me impossibilita estar muito tempo sentada a teclar, e quero fugir à cirurgia!... Mas, este vício, este vício...entendes!
Beijinho grande e continua com tuas receitas gostosas!

De Verdinha a 18.10.2010 às 14:28

Eu realmente não sou mt padeira! Lá sai uma ou outra vez algo quentinho para o lanche, mas é raro :)

De Moira a 18.10.2010 às 19:25

Verdinha,
Já eu adoro fazer pão, acho que é das coisas mais mágicas em todo o seu processo :)

Comentar post


Pág. 1/3



Tertúlias favoritas



Sobre a autora

tertulianos em linha

Insira o seu endereço de e-mail:

Entregue por FeedBurner


Translation, please



Também estou aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram


Follow Me on Pinterest


Aplicação para Nokia -nokia-n8-2


Parcerias


 








Eventos em foodblogs

World Bread Day

World Bread Day 2013 - 8th edition! Bake loaf of bread on October 16 and blog about it!

World Bread Day

World Bread Day 2012 - After Hours Party


World Bread Day

Participações de anos anteriores

World Bread Day 2012 - Roundup Bake Bread for World Bread Day 2011 World Bread Day 2010 - Roundup World Bread Day 2009 - Yes we baked. - Roundup


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D