Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Erva Cidreira e Limão

por Moira, em 23.04.14

Eu devia beber água, por muitas e variadas razões, diz que é bom para hidratar e purificar, mas sou pouco amiga do precioso líquido, pelo menos para beber.

Por isso opto por dar-lhe sabores, sendo que assim já não é nenhum sacrifício beber água.

Deixo-vos uma boa sugestão.

Infusão de Erva Cidreira e Limão

Infusão de Erva Cidreira e Limão

Ingredientes:

  • 1 punhado de Erva Cidreira fresca
  • 1 litro de água
  • 1 limão pequeno
  • gelo q.b. (opcional)
  • 1 colher de chá de mel (opcional)

Preparação:

Enxagúe a erva-cidreira. Leve meio litro de água ao lume, quando ferver apague o fogão e junte a erva cidreira, deixe de Infusão por cerca de 10 a 15 minutos, coe e reserve até estar frio.

Lave o limão, corte-o em rodelas finas e coloque-o em infusão com a restante água.

Quando a infusão de erva cidreira esfriar, adicione à água com limão, coloque num jarro e leve ao frigorífico para refrigerar.

Se gostar pode adoçar com uma colher de mel. Sirva decorado com folhinhas de erva-cidreira e gelo.

Nota: Se não tiver erva-cidreira fresca pode fazer com a seca. Eu gosto desta infusão sem qualquer tipo de adoçante, mas pode adoçar a gosto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:07

Todos temos uma história para partilhar

por Moira, em 09.04.14

Qualquer um pode partilhar a sua história, independentemente do lugar onde vive, por isso vamos lá a partilhar histórias com sabor, pode ser uma receita ou o relato de um momento feliz passado em família em que os sabores se misturam com as memórias.

Por cada história a Margão e a McCormick farão uma doação à United Way para ajudar a alimentar aqueles que mais necessitam.

Em Portugal a ajuda irá para o Banco Alimentar e para participar basta passar pelo site da Margão (link acima) e encontram no canto superior esquerdo o link para partilharem as vossas histórias, entretanto deixo-vos a minha:

A minha primeira sopa foi feita mais ou menos nesta altura do ano, há muitos, muitos anos atrás, eu devia ter os meus 12 ou 13 anos e ainda não dominava a arte dos tachos, mas a curiosidade e a vontade de ajudar levou-me para a cozinha.

A minha mãe trabalhava fora, como quase todas as mães deste país e eu na alegria de a poder ajudar resolvi fazer a sopa para adiantar serviço, no entanto, desconhecia que para cozer feijão era necessário deixá-lo de molho por várias horas.

O tacho foi para o lume com a água, o feijão e a folha de louro, e foi fervendo e fervendo sem que se apresentasse cozido, ainda assim resolvi acrescentar os restantes ingredientes, pensando que o tempo levaria a sopa a bom porto, mas claro que o resultado era previsível.

A minha primeira sopa foi um fiasco, os feijões pareciam pequenas pedras que a minha mãe ia pondo à beira do prato enquanto comia o caldo e me dizia que a sopa estava muito saborosa, enquanto eu, triste e cabisbaixa, pensava onde é que estaria o erro, já que tinha feito tudo como via a minha mãe fazer tantas e tantas vezes.

Hoje fazer uma sopa de feijão já não tem segredos e a receita até é bastante simples.

Sopa de Feijão com Couves

Começar por cozer o feijão que deverá ter estado de molho durante cerca de 8 a 10 horas.

Colocar o feijão numa panela de pressão e juntar o dobro da água, uma folha de louro e uma pitada de sal. Fechar a panela e deixar cozer durante cerca de 20 minutos.
Colocar num tacho 3 colheres de sopa de azeite e 1 courgette grande cortada aos pedacinhos, 2 cebolas pequenas picadas, um dente de alho picado, 2 ou 3 cenouras cortadas às rodelas e deixar refogar um pouco. Juntar cerca de 1 litro da água onde cozeu o feijão e deixar cozinhar até a courgette e a cebola estarem praticamente desfeitas. Juntar meia couve coração cortada aos pedacinhos, rectificar o sal, adicionar um pouco de água se necessário e deixar cozinhar até estar macia, adicionar meia chávena de feijão cozido e está pronta a ser servida.

Notas: Para esta sopa pode usar feijão encarnado, feijão catarino ou outro feijão a gosto, excepto o feijão frade que tem um sabor peculiar e não necessita de ser posto de molho. Quanto às couves, nesta sopa usei couve coração mas também fica excelente com couve portuguesa ou repolho. Tudo depende do gosto ou das couves que se têm na horta. Não pesei nada, porque as sopas em minha casa são quase sempre feitas a olho e para esta história apenas repeti o que aprendi ao longo dos anos com a minha mãe, que para mim continua a fazer as melhores sopas do mundo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:18

Scones de Presunto e Parmesão

por Moira, em 23.03.14

Por aqui continuamos de poucas palavras e a pensar na vida.

Mas estes scones não podiam ficar na gaveta à espera do que há-de vir, pois não?

 
 

Scones de Presunto e Parmesão

Ingredientes:

  • 225 g de farinha de trigo com fermento
  • 1 colher de café de sal
  • 1 pitada de pimenta moída no momento
  • 40 g de manteiga fria cortada aos cubos
  • 40 g de parmesão ralado no momento
  • 40 g de presunto picado miúdinho
  • 1 ovo médio
  • leite q.b.

Preparação:

Coloque o ovo dentro de um copo medidor e acrescente leite até obter 150 ml de volume, reserve.

Numa tijela grande coloque a farinha, o sal e a pimenta, junte a manteiga e misture-a com a farinha esfarelando-a com a ponta dos dedos.

Adicione o queijo e o presunto e misture de novo, faça uma cova no meio e deite lá dentro o ovo com o leite, misture tudo até formar uma bola.

Numa superfície enfarinhada coloque a bola e espalme até ter uma altura de cerca de 2 cm. Corte com um corta bolachas com cerca de 2,5 cm de diâmetro. Junte as sobras forme de novo uma bola e corte os restantes scones.

Leve ao forno quente, num tabuleiro sobre uma folha de papel vegetal durante 15 minutos ou até se apresentarem ligeiramente dourados.

Deixe arrefecer um pouco e sirva com queijo creme (tipo Philadelphia) ou com manteiga.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 23:43

Papelotes

por Moira, em 25.02.14

Hoje trago-vos uma receita da revista Sabe Bem, para quem desconhece é a revista do Pingo Doce, sai de dois em dois meses e vem sempre recheada de excelentes sugestões. Seja para quem não sabe o que cozinhar para o jantar, seja para quem pretende inovar no menú do dia a dia. São receitas relativamente simples mas que prometem impressionar o paladar dos mais exigentes.

A receita que vos apresento hoje foi integralmente confeccionada com produtos da marca Pingo Doce que são, na minha opinião de excelente qualidade.

Das muitas receitas apresentadas na revista, a minha escolha recaiu sobre um prato de extrema simplicidade feito à base de bacalhau, um peixe muito apreciado pelos portugueses e que o Pingo Doce disponibiliza em diversos formatos ou cortes, destacando-se para esta receita os lombos congelados, muito práticos, prontos a utilizar e no ponto certo de sal.

Lascas de Bacalhau em Papelote com Legumes - para 2 pessoas

Ingredientes:

  • 2 lombos de bacalhau congelado Pingo Doce
  • 1 cebola pequenina
  • 1 dente de alho pequeno
  • 100 g de bróculos cozinhados ao vapor
  • 150 g de preparado para sopa juliana Pingo Doce
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • 2 colheres de sopa de vinho branco
  • sal q.b
  • 1 colher de sopa de salsa picada
  • raspa de limão q.b.
  • 1 pitada de pimentão doce

Preparação:

Descongele o bacalhau.

Aqueça o forno a 180º

Coloque um tacho ao lume com um pouco de água, a cebola, o dente de alho e a folha de louro.

Quando ferver coloque os lombos de bacalhau, deixe levantar fervura e apague o lume.

Deixe arrefecer o bacalhau, limpe-o de peles e espinhas e faça-o em lascas grandes.

Coloque numa tigela o preparado para sopa juliana e tempere com sal e 2 colheres de sopa de azeite, misture bem, para envolver.

Recorte 4 quadrados de papel vegetal, sobreponha-os 2 a 2, colocando no centro uma parte da juliana, depois os bróculos cozinhados ao vapor e por fim o bacalhau. Borrife com o vinho branco,  polvilhe com o pimentão e regue com o restante azeite. Feche o papel vegetal formando um embrulho, ate com cordel para culinária e leve ao forno quente por cerca de 20 minutos.

Depois de cozinhado, abra os papelotes com cuidado para não se queimar, polvilhe com salsa picada e raspa de limão e sirva de imediato.

 

Acompanhe com vinho branco do Dão marca Pingo Doce

Nota: A receita é muito simples mas também muito requintada na apresentação. A única alteração que lhe fiz foi acrescentar um pouco de pimentão doce

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:14

O Amor tem destas coisas

por Moira, em 07.02.14

Eu adoro arroz de bacalhau, já o meu marido odeia arroz de bacalhau, mas o amor tem destas coisas, de quando em vez fazem-se umas cedências e foi assim que saiu um arroz de bacalhau com camarões para agradar a ambos. Embora não ficasse com aquele gostinho que eu guardo de infância, ficou bastante saboroso e ele até disse que podia repetir mais vezes.

Arroz de Bacalhau com Camarões

Arroz de Bacalhau com Camarão e Pimentos

Ingredientes:

  • 1 posta de bacalhau demolhado
  • 8 a 10 camarões descascados
  • 1 chávena de arroz carolino
  • 4 colheres de sopa de pimento cortado aos cubinhos
  • 1 colher de sobremesa de salsa picada
  • 3 chávenas de água de cozer o bacalhau
  • 1 cebola média picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 4 colheres de sopa de azeite da Adega de Borba
  • 1 colher de sopa de polpa de tomate
  • salsa ou coentros para polvilhar no final

Preparação:

Comece por cozer o bacalhau durante cerca de 5 minutos, deixe arrefecer um pouco e faça-o em lascas.

Faça um refogado com a cebola, o alho e o azeite.

Quando a cebola ficar translúcida junte a folha de louro, o pimento cortado aos cubinhos e a polpa de tomate. Adicione o arroz e tempere com sal, misture bem e passados poucos minutos regue com as 3 chávenas cheias de água de cozer o bacalhau.

Adicione o bacalhau às lascas e os camarões. Ferva em lume brando até o arroz ficar macio. Polvilhe com salsa picada e sirva de imediato.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:25

Come fruta todo o dia p'ra crescer com alegria

por Moira, em 27.01.14

Comer fruta pode tornar-se divertido com os heróis da Nutri Ventures.

Esta marca 100% portuguesa estabeleceu parcerias com os Ministérios da Saúde e da Educação e Ciência e com a Associação Portuguesa de Nutricionistas e preparou um Movimento para promover, de forma divertida, o consumo de fruta junto das crianças, tendo por base a história e personagens da série de animação: o Movimento Arco-íris de Sabores (MAIS).

O MAIS é um projecto dirigido às crianças entre os 4 e os 10 anos, que tem como objectivo criar, através do entretenimento com actividades musicais, digitais e de exercício físico, um ambiente positivo em torno da alimentação saudável, levando-as a associarem bons sentimentos a uma alimentação saudável e a consumirem mais fruta.

A forte componente musical dos videoclips e a interatividade da aplicação no site da Nutri Ventures, “Canta com a Nina”, vêm realçar a mensagem de que comer fruta e alimentos saudáveis é muito divertido e de que todas as crianças podem tornar-se Heróis da Nutrição!

E foi inspirada pela cor de cabelo da Nina que surgiu esta sobremesa simples à base de papaia e limão para os adultos ou papaia e laranja para os mais pequenos.

 

Papaia com limão

Ingredientes:

  • 1 papaia pequena
  • 1 colher de chá de açúcar (opcional, mas que serve para cortar a acidez do limão)
  • 1 rodela de limão (ou laranja)

Preparação:

Descascar a papaia, retirar as sementes e cortar às fatias.

Polvilhar com o açúcar e regar com o sumo de limão.

Nota: Para as crianças, que habitualmente não gostam de sabores ácidos, regar a papaia com sumo de laranja e abdicar do açúcar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:33


WOOK - www.wook.pt Velocidade Colher - Entre Tachos e Bimby de Susana Gomes	Da Horta para a Mesa de Cláudia S. Villax - www.wook.pt


Tertúlias favoritas



Sobre a autora

tertulianos em linha

Insira o seu endereço de e-mail:

Entregue por FeedBurner


Translation, please



Também estou aqui

Facebook

Tertúlia de Sabores da Moira

Divulga também a tua página


Instagram


Follow Me on Pinterest


Aplicação para Nokia -nokia-n8-2


Parcerias


 








Eventos em foodblogs

World Bread Day

World Bread Day 2013 - 8th edition! Bake loaf of bread on October 16 and blog about it!

World Bread Day

World Bread Day 2012 - After Hours Party


World Bread Day

Participações de anos anteriores

World Bread Day 2012 - Roundup Bake Bread for World Bread Day 2011 World Bread Day 2010 - Roundup World Bread Day 2009 - Yes we baked. - Roundup


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2007
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D